Sasha

Zarastruta

Compositor: Não Disponível

Mano, foi um arregaço na mente do marginal
Ce nem imagina, foi quase um acidente fatal
Naquela noite, tava tudo normal
Até que ela veio
E a vida deu um mortal

Ela me me perguntou se eu tava só
E eu ja pensei: "nó!"
E respondi: "eu tô!"
Daí ela disse "oh, onde ce for, eu vou!"
E eu só pensei "uai, obrigado senhor!"

Duas horas depois
Eu wisky e ela licor
Telefone tocou, e ela rejeitou
Disse que era a avó
Eu pensei "só se for"
Mas disse "tudo bem", e assim continuou!

Dalí aquilo tudo
Tudo e mais um pouco
Foi ficando louco, bem malandramente
Toca o tel denovo, e outra vez a avó
Ela disse "nó, eu acho que moiô!
Outra vez minha vó, se pá algo pegou
Eu vou ter que zarpar
Pra ver qual é que foi!"

Se levantou e foi
Mas um cartão ficou
Escrito o telefone e "ligue, por favor!"

Liguei chegando em casa
Não crê o que falou
"Vovó discou errado o número do vovô!" [avô]
"Mas ô, fia
Cê desculpa a sua vó, viu
Ela tava tentando ligar pra mim
E ligou pra você, olha que coisa!"

Fruto da minha mente fertil
Sonhei com ela depois de uma session

Fruto da minha mente em crise
Seria bom

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital